Profissões do futuro

Um estudo de Ben Pring, futurologista da Cognizant, empresa especializada em tecnologia, aponta as profissões que vão se destacar nos próximos cinco e dez anos. Ben afirma, ainda, que elas cobrem muitas áreas, mercados e tecnologias, mas todas estão envolvidas em três temas:

• Coaching: ajudando as pessoas a melhorarem a administração de suas finanças e até mesmo seus pesos.

• Cuidado: melhorando a saúde e a qualidade de vida das pessoas.

• Conexão: trabalhando a relação homem e máquina, físico e virtual, comércio e ética.

Esses três “C’s” estão ligados a uma verdade universal de que não importa o quão tecnológica nossa idade se torne, nós queremos o contato humano.

Nos próximos cinco anos

• Data Detective: investigação de dados para gerar respostas de negócio.

• Bring Your Own IT Facilitator: cria flexibilidade para os usuários com o uso de aplicativos e infraestrutura desenvolvida dentro da empresa ou em ambientes de nuvem.

• Ethical Sourcing Manager: investigar, acompanhar, negociar e fazer acordos sobre o fornecimento de produtos e serviços para garantir o alinhamento com a questão ética de um público estratégico.

• AI Business Development Manager: estar na vanguarda dos avanços em ciência da computação e vantagens de negócios.

• Master of Edge Computing: trabalhar com um modelo que descentraliza o armazenamento e/ou processamento de dados. Assim, tudo acontece mais próximo de onde os dados são gerados ou utilizados.

• Walker/Talker: passar um tempo com os clientes para prestar atenção no que eles dizem.

• Fitness Commitment Counselor: motivar pessoas a praticar exercícios físicos, melhorar a sua nutrição e adotar um estilo de vida mais saudável.

• AI-Assisted Healthcare Technician: examinar, diagnosticar, administrar e prescrever tratamentos para pacientes com o auxílio da inteligência artificial e médicos que são acessíveis remotamente.

• Cyber City Analyst: assegurar um fluxo firme de informações sobre as cidades.

• Genomic Portfolio Director: criará e executará uma estratégia para aumentar o portfólio de produtos que envolvam a ciência da vida.

• Man-Machine Teaming Manager: identificar tarefas, processos, sistemas e experiências que podem ser melhorados com a tecnologia.

• Financial Wellness Coach: ajudar as pessoas a entender todas as taxas bancárias e alguns conceitos do mundo financeiro.

• Digital Tailor: vai até a sua casa, pega as suas medidas com um sistema digital e faz os ajustes necessários nas roupas compradas pelo e-comerce para evitar a devolução.

• Chief Trust Officer: trabalhar com a transparência nas finanças de uma organização, a integridade da marca e sua reputação.

• Quantum Machine Learning Analyst: aprimorar a velocidade e a performance de algoritmos de aprendizagem e problemas reais do mundo dos negócios o mais rápido possível.

Nos próximos 10 anos

• Virtual Store Sherpa: os sherpas são uma etnia que ajuda quem quer escalar montanhas, indicando o caminho e segurando os equipamentos. No futuro, esses sherpas do consumo vão ajudar os clientes a navegarem nas lojas e, com realidade aumentada, farão suas compras em cenários mais complexos dos que vivenciamos hoje.

• Personal Data Broker: monitorar e comercializar dados pessoais, além de rastrear e consolidar novos dados e ajudar o cliente a entender e aumentar seus fluxos de renda de dados com suporte.

• Personal Memory Curator: consultar uma série de públicos específicos, a mídia e fontes históricas para refazer e formular experiências do passado para reduzir o estresse ou a ansiedade que a perda de memória provoca.

• Augmented Reality Journey Builder: projetar, escrever, criar, calibrar, gamificar, construir e personalizar viagens em realidade aumentada para as pessoas.

• Highway Controller: gerenciar o espaço entre a estrada e o ar para controlar carros e drones.

• Genetic Diversity Officer: facilitar a rentabilidade e a produtividade de uma organização e, ao mesmo tempo, promover um ambiente de inclusão genética.